Pin It

Contra Preconceito

Por mais tolerância

O desrespeito aos direitos humanos só aumenta a cada dia. Maus tratos, violência e outros atos os quais não podemos aceitar. Que tal combatermos esses atos? Para isso, apresento-lhes o Disque 100!

O QUE É DISQUE 100?

O Disque 100, também conhecido como Disque Denúncia Nacional ou Disque Direitos Humanos, é um canal de denúncia contra violações aos direitos humanos. Não só recebe as denúncias, como as encaminha para outras instituições responsáveis por tomar as providências cabíveis, como a Polícia Federal, por exemplo, e ainda monitora os resultados.

O serviço sofreu modificações desde que surgiu, em 1997, quando era administrado por ONG’s. Em 2003, passou a ser responsabilidade do Governo Federal. Como é vinculado ao Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, até o final de 2010 atuou de forma exclusiva nessa área.

TELEFONE X SITE

Aqui é um ponto do serviço que precisa ser melhorado: a organização das informações. Foi divulgada, no final de 2010 (como citei acima), a notícia da ampliação do número de crimes/violações a serem denunciados. Depois de muito procurar pelas informações oficiais, precisei ligar mesmo para o Disque 100 para saber o que realmente mudou e agora passo essas informações para você.

É importante frisar que há diferenças entre o serviço telefônico e o site. No telefone, o Disque 100 oferece mais opções de maus tratos e crimes a denunciar, são as seguintes:

Já no site, o serviço mantém o foco original e aceita apenas denúncias de pornografia com crianças e adolescentes, exclusivamente na Internet.

MAIS INFORMAÇÕES

Além do telefone 100 (ligação gratuita) e do site disque100.gov.br, você também poderá fazer sua denúncia através do e-mail (informações extraídas do site da Secretaria dos Direitos Humanos – SDH):

Quem mora no exterior, tem a opção do e-mail informado acima e, para violações de direitos de crianças e adolescentes, há o telefone pago 55 61 3212-8400.

O serviço funciona 24 horas por dia e no final da denúncia é fornecido um código de acompanhamento, assim como no Safernet.

CONCLUINDO

A ampliação do serviço foi algo providencial, pois o próprio Governo Federal reconheceu que faltavam serviços desse tipo. Vamos colaborar para pelo menos reduzir o número desses crimes.

Você já fez sua denúncia? Deixe um comentário.

Até logo!

Veja também:

Categoria(s): Denúncia

Quem é Romulo Akitomi

Sou um pacato cidadão, sonhador e, acima de tudo, um eterno batalhador. Além disso, sou ativista, adoro a Internet e tudo que ela pode oferecer, servidor público e candidato a Problogger. Nas horas livres, dedico-me à namorada e à família, entre outras atividades.

26 Respostas ao artigo.

  1. pricila disse:

    ESTOU SOFRENDO PRECONCEITO POR CONTA QUE SOU NORDESTINA TRABALHO NUMA EMPRESA DE CALL CENTER ,PASSANDO HUMILHAÇÃO COM COLEGAS DE TRABALHO E CLIENTES ,PRECISO DE AJUDAR,PRECISAMOS ACABAR COM ISSO,FALTA DE RESPEITO TOTAL ,E MUITA HUMILHAÇÃO

  2. Pessoal oque eu faço, trabalho em uma empresa que só tem pessoas brancas, e meu chefe me trata com indiferença pois sou o único negro da empresa. Por favor me AJUDEM!

  3. Max Machado disse:

    Ola,
    Sou filho de uma mulher, exteriotipicamente, branca e de um pai afro descendente. Sou uma pessoa multiracial.
    Segundo os relatos de meu pai, minha mae houvera tentado aborto voluntario em minha gravidez, mas tivera desistido. Meus pais ja estavam prestes a se separar e com este fato, a separacao foi acelerada.
    Depois de entao, minha mae vem sempre tenntado procurar novos pareceiros..acontece, que sao homens estranhos, desconhecidos..meu pai tbm houvera tentado arrumar novas companheiras, porem, ele sempre afirmou que se nao aceitassem seus filhos nada feito.
    Ultimamente, estou morando com minha mae, e ela tem um companheiro aqui. Nao tenho minha casa propria ainda, e dependo da moradia. desempregado do primeiro emprego em que fui inserido no mercado de trabalho e tendo que pagar a propria faculdade, nesta epoca de crise, eu tenho sofrido alguns mals tratos de minha mae e este padrasto..me ameassaram, ele principalmente ele, tentou me agredir. Ele eh estranho, e fora e quer morar na casa..se quer morar e manter relacoes com minha mae, certamente deve subsistir a familia…eu nao posso deixar de fazer minhas coisas pra bancar uma casa sendo que nem filhos ainda tenho. Ficam me humilhando so porque estou desempregado…e esta bem dificil de conseguir…ficam me estressando, me preocupando, e injuriando. me tratam com induferenca, co muita indiferenca… eu gostaria de fazer uma denuncia contra racismo e direitos humanos.
    Alguem podeia me ajudar..me considero multiracial, mas tbm tenho idio e negro e exijo respeito…nenhu ser humano meece tanta injuria e desrespeiro so porque esta desempregado. Exijo respeito..mem sinto rejeitado por minha mae desde o feto…acho que isto tbm leva em conta, as vezes ela diz que se arrepende de ter tidfilhos, inclusive eu. Nao entendo..nao me envolvo com coisas erradas, nao chego tarde em casa, nao uso drogas, nao sou traficante…uma vez ele me chamou e traficante, disse que eu tinha cara de bandido… ja me chamou de bicha, viadinho e gay tbm, coisa que nem sou…e se fosse tbm, o que teriam a ver com isso ( pergunta )….
    Bem, eu nao tenho paz na minha unica casa que tenho..nao tenho moradia, enta a unica que me resta eh esta….diz ela que eu deeria ter minha casa …mas nao posso ter agora./// tal vez ela e o velho dela querem que eu saia da casa. mas nao eh assim que funciona, nao se deve injuriar um filho por acausa disso…quanto mais eles me injuriam, mais me sinto mal…medo da vida e vem a depressao. Desempregado numa epoca de crise no primeiro emprego de carteira em uma confeccao, fazendo uma faculdade de letras ingles, que nem haver com a area que eu estava trabalhando tem..Desorientado pela faculdade, injuriado pela familia, com medo de nao conseguir uma nova e boa colocacao no mercado de trabalho..bom, ela e seu companheiro querem que eu pegue qualquer emprego, que nao importa se estou fazendo faculdade ou nao.
    Nao aturo injurias e malstratos. Quero justica. Principalmete, pelas ameassas e tentativas e agressao do marido de minha mae. Desculpe, os eros de portugues..o teclado esta faltando cedilha e interrogaccion.

    Aguardo ajuda de vcs amigos.. whatsapp 55 24 998795304

  4. Lukas disse:

    Amigos, venho aqui por este meio informar os abusos de autoridade que as lojas RADAN, situada no RIO GRANDE DO SUL, É PRECONCEITUOSA… COntra negros, pessoas gordinhas e principalmente gays…
    Sofri todos os tipos de abusos dentro desta loja, Ví maltratarem centenas de funcionários e discriminarem centenas de clientes ! Denunciei ao ministério do Trabalho que nada fez. Aos sindicatos que nada fizeram… Infelizmente, ela vêem crescendo e não mostra o seu rosto, não mostra quem é de verdade, pois muitos de seus clientes são negros, gays e gordinhos ! Estou estupefato com tanta hipocrisia e preconceito ! Denunciem se sofrerem abusos ou mal atendimento nesta loja. Vários clientes meus reclamam que foram muito mal atendidos alí, discriminados, pelas gerências, pelo dono e pela supervisora…
    Por toda via, o preconceito deve ser ouvido para ser combatido !
    Chega de humilhações a funcionários, pois estes cometem todos os tipos de abusos e maldades contra o ser humano. Atualmente estou tão traumático e doente psicologicamente, que não consigo arrumar empregos e sempre fui trabalhador .!!!!
    Esta loja esta crescendo em nome de funcionários que foram humilhados e com o dinheiro de clientes que compram e não sabem quem eles são !

  5. […] Denuncie aqui. Presenciou algum tipo de violação dos direitos humanos? Saiba como denunciar clicando aqui ou disque […]

  6. Genivaldo Manoel disse:

    Olá. .. Bom dia!
    Eu preciso de saber qual local em Campinas, onde posso tratar sobre perseguição e preconceito contra homossexuais, porque preciso tratar em um local específico no caso.
    Muito grato.
    Genivaldo Manoel

  7. jefson aguiar disse:

    bom dia,estou sendo vita de preconceito no meu trabalho,por um colega.pois acredito que ele seja homofóbico e n aceita minha opção sexual.fica c piadinha e quando entra cliente gay ele faz questão de desdenhar.o que eu posso fazer para processa-lo.pois já informei a gerente da loja em que trabalho e nada foi feito.
    desde já grato.

  8. Mãe lutando pelo direito do filho disse:

    Meu filho estuda na Fac.de Medicina de Petrópolis e estou buscando ter acesso ao FIES desde que ingressou.Na Faculdade o Sr Rodrigo do setor financeiro deu como informação por varias vezes que o sistema estava em manutenção, que estavam fazendo dotação do recurso de forma que ficavamos aguardando e em vigilia para não perder a oportunidade de obter o financiamento. Ocorre que fui informada pelo mesmo funcionário do setor financeiro que o sistema abriu e quem telefonou no dia foi avisado e obteve o financiamento que estou a um ano tentando porque não sou rica e a família está sofrendo para mantê-lo estudando, inclusive tendo ajuda de parentes num sistema contribuição. Sempre lutamos para pagar os estudos do meu filho e agora vejo este sonho ameaçado por falta de dinheiro. Estamos desesperados porque é uma vida inteira que fica comprometida, são anos de investimento e o que ele pede é oportunidade igaual, justa.Somos honestos e queremos o FIES por necessidade. Criei o meu filho acreditando em valores cristãos e para ser uma boa pessoa para a sociedade, não é por motivo egoístico que está estudando, mas para uma vocação- missão. Creio que serei respondida. Uma verba que o governo informa como fácil acesso, não pode ser tratada de forma obscura. A forma como estamos sendo tratados é indigna, pessoas recén ingressadas foram contempladas por tiveram acesso a informação e meu filho não teve. Quero o direito igual, não posso ser tratada como bicho mendigando migalhas e é isso que sinto. Não quero que seja perseguido porque estou clamando solução justa para ele continuar os estudos e por isso peço que mantemnham -me no anonimato.Peço ajuda.o FIES será pago, não é gratuito. Meu filho é digno cidadão e filho de Deus. Por misericórdia me ajudem, estamos num Estado de Direito, esta verba pública não pode ser repartidas excluindo as pessoas. não podemos desperdiçar talentos- esforço- vida. Socorro.

  9. Aroldo Saraiva disse:

    infelismente isso nao funciona, minha vizinha tem duas filhas menores viciadas em crack e vivem em situaçao de rua fazendo programa pra manter o vocio a familia ja procurou todos os orgaos dezenas de veses e nunca ninguem fez nada, isso é pura hipocrisia.

  10. Adenilson Monteiro disse:

    Estou sendo vítima de constrangimento social no meu ambiente de trabalho pelos colegas de trabalho me acharem gay, acho que não importa minha vida sexual e particular, mas sim meus atributos profissionais, tenho medo de formalizar uma queixa e perder meu emprego!Podem me ajudar por favor a ter de volta minha paz e meu orgulho que está indo pro ralo com minha autoestima?

  11. Caro João Batista, compre um gravador pequeno ou uma caneta espiã e fique normal aja normalmente.
    Deixe ir falando, assim que vc tiver provas concretas, dê parte da pessoa.
    Isso não deve acontecer cara.
    Fica de boa vc é apenas um dos muitos que sofrem com esse tipo de agressão. Se8u caso é pior né, que vc não é e se passar por ser.
    Grava os cara e mete bronca neles. depois vc me conta
    cristianocachi@gmail.com
    Cristiano Antunes de Souza Caldeira postado recentemente…Plantadeira de Mandioca II Linhas ASA ImplementosMy Profile

  12. kelly cristina da silva barcelos disse:

    quero fazer essa denuncia nao so por mim, mais por alguns funcionarios q foram julgados ali injustamente e nao teve nem tempo d se defender… como pd uma empresa tao grande possuir gente preconceituosa no meio ond a maioria e humilde!!”

  13. kelly cristina da silva barcelos disse:

    nao sei se posso dizer se ou nao preconceito… mais sou vitima da descriminacao… eu trabalho numa empresa d transporte rodoviario e uma mulher chamada laudiceia conhecida como nossa fiscal e um encarregado aposentado chamado mario
    batista eles maltratam o funcionario… no meu caso acho q e so comigo, eu sou cobradora dessa empresa, nao sou uma das melhores mais faco o melhor q posso e mesmo assim nao sou tratada como qualquer um ali dentro… mpro num lugar q nao tenho condicoes d ir cedo devido q nao tem nenhum onibus no horario em q pego… pedir p me mudar d escala mais eles nao me deram ouvido e assim mesmo me colocaram numa pior escala p fazer… ali quando a gente nao pd fazer um horario a gente sempre troca c um colega de servico, mais nem isso eu posso mais pq fui trocar c um colega e ele me disse q esse (mario) proibiu qualquer um cobrador d trocar comigo e se algue trocasse ia receber falta… e essa mulher (laudiceia) ofende os funcionarios (agrecao verbal) tais como: lerdo,burro, peste,filho da puta, desgracado e mais… isso td ocorre quando falta algum funcionario e ela pede p nos dobrar… como a gente nao e obg a fazer isso ela nos ofende!!”

    • Romulo Akitomi disse:

      Kelly, que situação! Todos os funcionários devem ser tratados de um jeito igual. Eles não percebem que funcionários satisfeitos trabalham melhor e mais tranquilos. Discriminação no serviço é coisa séria e se eles não mudarem correm um grande risco de se darem mal com a Justiça do Trabalho ou Criminal mesmo.
      Pior é ver que isso acontece com muita gente por aí.

  14. Manoe Costa da Silva disse:

    GOSTARIA DE DENUNCIAR A QUEM DE DIREITO O SITE DE RELACIONAMENTO “POF”, SIM ESTE SITE QUE SE PREGA DE BOMZINHO E GRATUITO, É UM SITE EXTREMAMENTE PRECONCEITUOS EM TODOS OS SENTIDOS, FALO BASEADO NA MINHA INFELIZ PARTICIPAÇÃO COMO MEMBRO PAGANTE, ESTE SITE SE ACHA NO DIREITO DE PROIBIR QUE MULHERES OU HOMENS COM DIFERENÇA DE IDADE DE 14 ANOS DE SE COMUNICAREM MESMO SENDO PAGANTES, O SITE SE ACHA NO DIREITO DE EVITAR QUE PESSOAS ADULTAS SE CORRESPONDAM PELO SIMPLES FATO DESTA IDADE, ISTO É UMA MULHER COM 56 ANOS NÃO PODE SE COMUNICAR COM UM HOMEM QUE TENHA 43 NÃO PODEM SE COMUNICAREM, ISSO É PRECONCEITO, DISCRIMINAÇÃO, FERE O DIREITO CONSTITUCIONAL, FERE O CODIGO DO IDOSO, FERE O CÓDIGO DO CONSUMINDOR. ISSO NÃO É CORRETO É UMA VERGONHA QUE AS AUTORIDADES COMPETENTES AINDA NÃO PERCEBERAM TAL SITE GANHANDO DINHEIRO DOS CIDADÃOS E UTILIZANDO O DESRESPEITO AOS DIREITOS HUMANOS.

  15. Anderson disse:

    No site da http://www.globo.com ta cheio de comentários preconceituosos, racismo. já perdi até a conta.

    • Romulo Akitomi disse:

      Pior que é assim mesmo, Anderson!
      Existe gente que só comenta para ofender, nem se preocupam em ler direito a publicação.

  16. Dêem Uma olhada neste vídeo, onde é que vai parar isso? Sei … ninguém sabe. né.

    http://www.youtube.com/watch?v=yC5li6qCXRM&feature=related

    • Romulo Akitomi disse:

      Obrigado pelo link do vídeo, Cristiano. Também não sei onde vai parar isso, qualquer idiota fala o que quiser contra quem quiser e se acha o dono da razão, igual esse mala do vídeo

      Um grande abraço!

  17. Eduardo disse:

    Acessem esse vídeo contra o preconceito !!

    • joao batista disse:

      caros amigos, venho por meio destas relatar algo que vem acontecendo comigo ja a algum tempo, venho sendo caluniado na empresa onde trabalho pelo gerente como se eu fosse gay, fato este que não e verdade e isso vem me causando enormes problemas de ordem familiar e profissional, ja fui a delegacia e me informaram que precisa provas,a unica coisa que tenho e o telefone deste gerente ao qual se for aberto pela justiça ouvirá tais relatos a meu respeito, mas tambem sei so isso não basta, o devo fazer, estou prestes a ir parar na cadeia a qualquer momento por causa dessas coisas, não tenho sangue de bararta, me ajudem por favor


CommentLuv badge